Imagens em Reumatologia – Fenômeno de Raynaud

Fenômeno de Raynaud

Foto de paciente atendido no Serviço de Reumatologia da Santa Casa de São Paulo

O Fenômeno de Raynaud (FR) recebe esse nome em homenagem ao médico francês A.G. Maurice Raynaud que descreveu esta condição clínica em sua tese publicada em 1862. Pode ser chamada de Síndrome (quando associada a alguma doença) ou Doença (quando ocorre de forma isolada) de Raynaud. Outra forma de classificá-lo é como Raynaud primário ou secundário.

Afeta com maior frequência mulheres jovens, numa proporção entre os sexos de 9:1. Estudos recentes tem mostrado que essa manifestação clínica pode ocorrer até duas décadas antes de uma doença sistêmica bem estabelecida.

Um grande espectro de doenças estão associadas a Síndrome de Raynaud, mais comumente as doenças do tecido conjuntivo e menos frequente induzida por drogas, doença aterosclerótica e as que se associam a tromboangeíte obliterante. A Esclerose Sistêmica é a doença que mais se associa ao FR (90%), seguido pela Doença Mista do Tecido Conjuntivo (85%).

Medicamentos como beta-bloqueadores e as anti-enxaqueca podem preciptar ou exacerbar o FR.

A característica trifásica: palidez, cianose e eritema é resultante da constrição vascular, seguido de cianose secundária a hipóxia e estase venosa e posterior vasodilatação reativa resultando em eritema.

As extremidades digitais são a localização mais acometidas, entretanto pode ocorrer em nariz, língua, lobo da orelha e mamilos, bem como outros órgãos, o que inclui os internos (pulmão, esôfago, miocárdio).

Há três mecanismos fisiopatológicos envolvidos: mecanismos neurogênicos, sanguíneos e da parede dos vasos sanguíneos e alterações inflamatórias e da resposta imune. Todos precisam ser considerados no paciente.

O Fenômeno de Raynaud é uma manifestação clínica importante que precisa ser diagnosticada e principalmente ser investigada quanto a associação com doenças.

Referências: Hochberg M, Silman A, Smolen J. Rheumatology. 5 ed Elsevier; 2011

1 comentário

  1. Fabíola

    Marília, vc arrasou!!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: